sábado, 24 de julho de 2010

A Floresta e o CEI

Sou da opinião que, um dos meios para prevenir incêndios nas nossas florestas, será recorrer à limpeza das mesmas. Seja a limpeza de entulho, deixado por menos preocupados com o ambiente, seja a desbastação, valorizando, assim, os recursos da floresta.

Sou, também, da opinião, que no âmbito do trabalho socialmente necessário, os beneficiários da prestação social Rendimento Social de Inserção [RSI], poderiam dar um contributo muito útil no que referi no paragrafo anterior. Acabando, eventualmente, por contribuir para o processo de inserção dos referidos beneficiários.

No passado dia 16 de Junho, três ministérios [Ministério da Administração Interna, Ministério da Agricultura e o Ministério do Trabalho e da Segurança Social] assinaram um protocolo que visa valorizar e proteger a floresta e contribuir para a ocupação de desempregados e beneficiários do RSI.

O referido protocolo é dinamizado através do programa Contrato Emprego Inserção [CEI] e Contrato Emprego Inserção + [CEI+], abrangendo anualmente 1000 beneficiários das referidas prestações.

Os candidatos terão dois dias de formação versando sobre temas ligados à segurança no trabalho, utilização de equipamentos, protecção individual, prevenção da floresta e/ou [re]florestação.

É de louvar esta iniciativa, pois a mesma contribui, por um lado, para a prevenção dos factores de risco de incêndio nas florestas e, por outro lado, como já referi anteriormente, será um contributo para o processo de inserção de beneficiários do RSI, fazendo os mesmos sentirem-se mais úteis e como membros integrantes da nossa sociedade.

Até um próximo post.

Sem comentários: