quarta-feira, 3 de maio de 2017

CGD encerra!? Alma até Almeida!

Autoria da Foto: Rádio Fronteira
A administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) já tomou a decisão, e pelos vistos ela é irrevogável! Decidiu avançar com o encerramento da agência que se situa em Almeida, com a justificação de que o balcão tem, depois de 5 anos consecutivos, prejuízos e diminuição de actividade comercial e com um nível de movimentos de tesouraria muito abaixo da média. Portanto, autêntica decisão economicista!

O concelho de Almeida tinha duas agências da CGD, uma na sede de concelho e outra na freguesia de Vilar Formoso. Essas agências distam entre elas cerca de 15 km. agora, a população residente na sede de concelho tem mais um desafio no planeamento do seu dia-a-dia, prever um dia inteiro para se deslocar à freguesia de Vilar Formoso (problema também relacionado com a rede de transportes) e tratar dos seus assuntos bancários, por exemplo: "levantar" a pensão.

A CGD é uma entidade bancário de capitais públicos, mais conhecida como o "banco do Estado". Tendo este estatuto, esta entidade bancária tem mais responsabilidade social do que as restantes entidades bancárias. Tem a obrigação de ter uma visão mais integradora e social da actividade bancária, colmatando, por exemplo, a ausência de outras entidades bancárias na referida sede de concelho.

Na Guarda (sede de concelho) existem três agências da CGD, uma em São Miguel (Estação) e  as outras duas no centro urbano da cidade. Estas duas últimas agências distam entre si, num percurso a pé, cerca de três minutos. Uma das agências está num edifício megalómano, com muito espaço subaproveitado. Ir a uma ou a outra agência com certeza que não fará grande diferença ao cliente.

Numa lógica de solidariedade entre territórios e diferenciação positiva, pergunto: não seria possível, no centro urbano da cidade da Guarda, transferir os serviços da agência mais pequena para a que está no edifício megalómano, podendo, assim, manter a agência de Almeida, uma vez que esta dista da outra cerca de 15 km?

Sem comentários: